Avançar para o conteúdo principal

Morreu chef Santi Santamaria

Santamaria estava em Singapura para visitar um restaurante dirigido pela sua filha, não sendo ainda conhecidas as causas da morte.

O cozinheiro abriu o restaurante em 1981 e em 1994 conseguiu a terceira estrela do Guia Michelin, convertendo-se assim no primeiro cozinheiro catalão a obter esta distinção.

O corpo do cozinheiro foi trasladado para o Hospital Geral em Singapura, onde permanecerá até que seja transportado para Espanha.

Santamaria morreu às 20:30 locais (12:30 em Lisboa) e foi um dos trabalhadores do restaurante da filha que comunicou o óbito às autoridades locais e à Embaixada de Espanha.

Apesar de ainda se aguardarem os resultados da autópsia, os primeiros indícios apontam a uma morte por causas naturais.

Xavier Pellicer, chefe de cozinha de Can Fabes e braço direito de Santamaria, explicou já que a informação inicial aponta para que tenha tido "um ataque cardíaco". A notícia da morte do cozinheiro causou grande consternação entre os colegas em Espanha. 

O chef Juan Mari Arzak disse não ter palavras para comentar a morte de Santamaria,um "amigo de toda a vida" Arzak considerou que a morte de Santamaria "se perde um dos grandes da gastronomia espanhola"

Também o chefe Ramon Freixa mostrou a sua dor pela morte de Santamaria que classificou como "um dos grandes", responsável por grandes avanços na gastronomia espanhola.

"Temos muito que lhe agradecer", afirmou. 

A chef Carme Ruscalled também se somou ás declarações de dor pela morte de Santamaria,que recordou como "um exemplo para toda a sua geração" principais promotores da cozinha espanhola"  dentro e fora do país.

Uma enorme perda para nós,Cozinheiros......



Lusa