EUSKALDUNA ENGANA

O Euskalduna é um restaurante discreto que funciona à porta fechada. Actualmente atravessa um bom momento (espero que seja  por muitos anos ) , fui perceber o porquê e fui enganado.

Passa uma imagem ao exterior como bom restaurante e afinal...  é um excelente restaurante.
Quem comanda o dia a dia nos fogões é o Vasco Coelho Santos, chefe e proprietário, entrevistado por mim há 3 anos atrás VER.
O menu não é fixo.
Um dos factores que mais me entusiasmou foi o facto de poder estar a assistir a todo o serviço.
Uma experiência no verdadeiro sentido.
Não venho aqui fazer qualquer tipo de julgamento público,muito menos apreciações técnicas aprofundadas-essa parte deixo para os ditos foodies, "especialistas " de todos os assuntos possíveis e imaginários.




Lapso meu: Não fotografei o folar transmontano, nem os petits-fours. O folar era um caracol folhado, cheio de sabor,  em dose reduzida mas suficiente. Nos petits-fours o que me chamou mais à atenção foi a goma de alho, um dente de…

SOPA SECA

Sopa seca
Fotografia: Tiago Lopes
(clique para ampliar)


Ingredientes:

3 dl de água morna
30 gr de açúcar
Açúcar para polvilhar
2 pães de trigo
2 unidades de folhas de laranjeira
Canela em pó

Preparação:

Ferver a água. Infusionar as folhas de laranjeira com o açúcar e canela. Demolhar as fatias de pão, colocá-las numa taça de barro, polvilhar com açúcar e levar ao forno a lenha cerca de 20 minutos.
É uma sobremesa tradicional da minha região - Tâmega e Sousa. 
A sua origem remonta ao Séc.XVIII embora não haja documentação que o confirme.

A par de muitas outras iguarias da cozinha tradicional portuguesa, esta também nasceu por consequência das carências económicas da população.