CONGRESSO DOS COZINHEIROS - 2018

Aconteceu no lx factory, em Lisboa, nos dias 1 e 2 de outubro.



Trata-se do Congresso Nacional de Cozinheiros, o qual reúne alguns dos melhores profissionais do sector a nível nacional e internacional.


A sua missão, encetada em 2005, mantém-se intacta: reunir o sector.


Não vou discorrer sobre cada uma das apresentações, realçarei apenas alguns pontos positivos e um menos positivo.  Não estive, com muita pena minha, até ao final do segundo dia.  De uma forma geral, este ano, o congresso assentou em três ideias: produto, sazonalidade e desperdício.







SOPA SECA

Sopa seca
Fotografia: Tiago Lopes
(clique para ampliar)


Ingredientes:

3 dl de água morna
30 gr de açúcar
Açúcar para polvilhar
2 pães de trigo
2 unidades de folhas de laranjeira
Canela em pó

Preparação:

Ferver a água. Infusionar as folhas de laranjeira com o açúcar e canela. Demolhar as fatias de pão, colocá-las numa taça de barro, polvilhar com açúcar e levar ao forno a lenha cerca de 20 minutos.
É uma sobremesa tradicional da minha região - Tâmega e Sousa. 
A sua origem remonta ao Séc.XVIII embora não haja documentação que o confirme.

A par de muitas outras iguarias da cozinha tradicional portuguesa, esta também nasceu por consequência das carências económicas da população.