PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO..

Digamos que, em pleno séc. XXI, o tema «Motivação» continua a ser tabu. Para espanto ou desagrado do leitor este continua a ser um debate que estremece os grandes velhos do Restelo, de sorriso amarelo. 
“Gosto de falar no plural, eu e a minha equipa“ ou "não me posso esquecer da minha equipa, eles são o mais importante para mim" estescontinuam a ser dos jargões mais utilizados para agrado das revistas cor-de-rosa e consequente vénia dos transeuntes menos informados, cá do burgo. A ironia está lá sempre, disfarçada por entre algumas patacoadas nervosas. Por cá, do outro lado da civilização menos representada, embora mais representativa, existe um certo desprezo para com essas lindas frases (lindas mesmo!) , porque na prática, sabemos que se resume (na maior parte das vezes) a um mero SLOGAN político. Nos casos mais sensíveis uma lágrima pode cair do canto do olho, mas depois passa. 
Mas afinal o que é isso de motivação ? Pagar uma bifana e uma palmadinha nas costas? Não. Um sor…

HALA KOKOTXA

Em Portugal torna-se mais comum nos últimos anos graças aos nossos vizinhos espanhóis, tão simples e sensível a mestria passa por não estragar.

Kokotxas:

Azeite guia
Sal MARCA
Fumet de peixe com cabeça de pesca
Vinagre espumante
Manteiga
Vinho branco

Saltear as kokotxas.
De seguida fazer a deglaçage com o vinagre e o vinho.
Deixar reduzir e ligar com manteiga.
Temperar com sal.





Vinagrete:

Caldo de peixe
Chalota
Vinagre espumante
Sumo de limao
Óleo de sementes de uva
Azeite guia

Temperar a mizuna e a flor de trevo com o vinagrete.