COMO CUIDAR DAS FACAS- JOÃO ISIDRO

E depois de comprada uma faca, como cuidar?
Tenha ela custado 1,10, 100, 1000 ou 10.000 EUR

Se se tratar de uma faca com elevado valor de aço carbono,esse cuidado tem de ser triplicado e neste caso deve-se hidratar a lâmina com uma qualquer gordura.  A mais famosa e histórica, desde os Samurais, segundo se diz, é o óleo de semente de Camélia. Esta limpeza deve feita sempre com a lâmina limpa. Se tiver uma faca com punho de madeira hidrate-o de vez em quando, também.
Nunca, mas nunca coloque a faca na máquina de lavar, porque a festa que ocorre lá dentro pode fazer com que as lâminas choquem,umas contra as outras, danificando-as. Para além disso, os químicos dos detergentes podem também danificar a lâmina, por serem extremamente abrasivos.  Ao lavar à mão nunca se deve usar a parte abrasiva do esfregão, risca a lâmina. Também se devem usar detergentes neutros.
Nunca use a faca contra vidro ou uma base de pedra porque o vidro e a pedra são mais duros que a lâmina, logo podem danificá-la, o…

"Cocina es cocina"

Todas as fotografias aqui apresentadas são propriedade das edições do gosto,excepto a primeira e a terceira de Carlos Fernandes e Dalila e Renato respectivamente que são da autoria de Alexandra Vilar!

Interrompendo o ciclo de agitação que se faz sentir, venho escrever sobre a reunião nacional dos cozinheiros!

Mais uma vez a equipa das edições do gosto não desilude, faz acontecer,entra na mudança,acompanha o ritmo...


Apenas estive presente no dia 7,ultimo dia do congresso.

Pela manha, entrou em cena Carlos Fernandes um dos mais promissores pasteleiros nacionais ver entrevista AQUI

Apenas assisti a uns minutos á dupla “Jour to cook” um projecto interessante de Manel Lino. Carlos Afonso no “back” demonstra estar á altura,não só pelos seus conhecimentos como a sua humildade, concerteza brilhou,brilha e brilhará no futuro!


Segue Renato e Dalila, restaurante nortenho de nome “Ferrugem”, conquistou a plateia pela simpatia e simplicidade. Para mim foi o momento alto do dia, nos trabalhos apresentados, tecnica e conceito, para alem disso explicaram todos os passos, todas as tecnicas até ao produto final, uma apresentação excelente, aprendi, ao contrário das dezenas de apresentações que ja vi e me limitando-me a admirar o produto final e a exclamar “ok, está giro!”


Antes do almoço, ainda viajamos pelo oriente, uma apresentação cuidada, coerente e bem executada tecnicamente.


Ao almoço o Chefe Nuno Diniz preparou um cozido co 89 ingredientes, com pena, não compareci,aproveitei para conhecer o que se cozinhava nas redondezas.

Como todos os congressistas já tinham almoçado nada melhor que começar a tarde com as sobremesas do chefe Francisco Gomes, um dos profissionais de pastelaria mais respeitados a nivel nacional, convidou tambem Eduardo Santini dos famosos gelados Santini a simbiose perfeita para uma bela apresentação mais uma vez o chefe Francisco Gomes com a sua energia contagiante conquista tudo e todos!

Chefe João Rodrigues presenteia a plateia com produtos da nossa costa.


Com tudo isto a sede faz-se sentir nada melhor que regressar ao espaço dos patrocinadores para provar as novidades do mercado!

Masterchef conhecido pelo publico, chefe Miguel Vieira regressa a Portugal para mostrar um pouco do trabalho que desenvolve na Hungria no seu restaurante “Costes”, influencia notória francesa.


Para fechar o dia em beleza, entra o bom rock em cena e chefe Leonel Pereira com parte da sua equipa, 8 cozinheiros trabalharam em sintonia, apresentou 14 pratos  do menu de degustação que se serve no restaurante S.Gabriel em ritmo acelerado pois o tempo o urge e o rock marcava o compasso, espirito de equipa, unidade,humildade e alguns conselhos á mistura! Sem duvida esta foi a apresentação “rebelde” que Carlos Fernandes tanto queria!


Rever amigos, fazer novos por uma boa causa, a cozinha!


Chefe Leonel Pereira citou Ferran “cocina es cocina” encerra um ciclo e outro começa! Parece simples, mas nem sempre praticado, basta cozinhar....só cozinhar o resto pouco interessa!