CRIATIVIDADE (IN)CONSCIENTE

Publicado originalmente no ETASTE
Surge de forma consciente ou inconsciente. A parte consciente, a que controlamos, é gerida pelo lado mais racional, normalmente fechada sobre si. É o resultado do natural processo cognitivo. Esta pode ser afetada por fatores externos e até próprio estado de espírito. A parte inconsciente, a que não dominamos e nem sequer conhecemos verdadeiramente, é a responsável pelo nosso lado mais infantil e primitivo de toda a associação de ideias. Juntas são nada mais nada menos que sistemas organizados, quase automáticos na forma e no lugar. Servem-nos para agilizar o processo que se quer tão lento quanto possível.
Lentidão é a palavra-chave. A rapidez perturba quase sempre a tomada de decisões. Por isso não é bem-vinda, apenas na execução. A lentidão é por isso benéfica, pois resulta frequentemente, em vários processos difusos que se acumulam na desordem. A confusão ou mudança de perspetiva é obrigatória. A partir destas haverá, naturalmente, um início, e com is…

O porco e o veado

Cogumelos nameko:
2 gr azeite Guia
45 gr de cogumelo nameko
1 gr de flor de sal
1 gr tomilho

Cortar o talo dos cogumelos e deixar apenas com 4 mm de comprimento.
Aquecer o azeite guia num sautê e saltear os cogumelos cerca de 10 seg temperando com sal e tomilho picado.
Este cogumelo é muito respeitado na china pelo seu sabor suave a noz, no video seguinte dá para perceber isso mesmo.




Puré de batata vitellote:
0,5 lt de agua
10 gr sal
100 gr batata vitellote com pele

Cozer a batata com pele e agua com sal.Pelar e passar por um peneiro (para não perder a cor) rectificar temperos e ligar com manteiga sem sal.

Caldo de porco:
10 gr azeite Guia
50 gr de cebola
50 gr de cenoura
10 gr pimenta preta
10 gr de alho
50 gr de rama de alho francês
50 gr vinho branco
Sal
 300 gr Aparas e ossos de porco
10 gr Manteiga
1 lt de caldo de aves (frango, agua,alho frances,pimenta)

Assar a carne a 200 ºC o tempo suficiente que cozinhe e ganhe alguma cor, de seguida assar os legumes,por fim refrescar com um  pouco de vinho branco.
Colocar tudo numa panela com caldo de aves.
Deixar em lume muito brando durante 5 horas.
Passar por um etamine.
Deixar reduzir.
Ligar com manteiga muito fria!

30 gr Choruriço de veado

Cortar em meias luas muito finas

10 gr   Folhas de mizuna
Separar as partes velhas (se existirem) lavar.