COMIDA ESCRITA

Coração Ó tu que tens o coração nas mãos! Ouve os sinos enferrujados! Anunciam de lá as missas das atrocidades e dos sermões mal contados.  Tiranias cantadas e uns vinhos cuspidos atrás do altar das promessas. De palmadinha em palmadinha, vão entrando para ouvir - de coração - os missionários poderosíssimos, pioneiros na frívola sensação pacata de nada fazer. Basta sonhar,diz o padre do altar! Basta acreditar, diz o leigo defronte à Santa injustiça!  Não rezo e não entro. Faço e procuro. Abro o dicionário e vejo que "altar" rima com "pastar". Faz-se luz no meu cérebro! Deito-me e adormeço.  É isto um snack. Para comer de boca fechada.



A Cebolinha
Genialidade quente e amorosa na simplicidade nua e fria. Quanta magia no tempo do sóbrio acto! Quanta sobriedade na irrealista verdade absoluta de querer tudo e nada possuir! Quanta realidade na vida para lá do que está morto e enterrado! Quanta verdade renasce agora sobre o que se enterrou! Não há magia, sobriedade, realidade nem verd…

Ouro para produtos regionais portugueses


Queijo ‘Sabores da Idanha’ ganha ouro em Inglaterra

O Queijo Amarelo da Beira Baixa ‘Sabores da Idanha’ foi premiado com uma medalha de ouro no concurso World Cheese Awards 2011 (Concurso Mundial de Queijos 2011) em Inglaterra, anunciou esta segunda-feira a cooperativa produtora.

O queijo de Denominação de Origem Protegida (DOP) é produzido pela Cooperativa de Produtores de Queijos da Beira Baixa, que pela primeira vez participou num concurso estrangeiro.  
A participação antecede a internacionalização dos produtos da cooperativa e a medalha de ouro "poderá abrir muitas portas e dar credibilidade à marca", destaca João Antunes, presidente da instituição.  
Tendo em conta o início da estratégia de internacionalização "era muito importante testar a qualidade dos produtos nos concursos internacionais", sublinha.  
O prémio "atesta a qualidade, tendo em conta que é um concurso mundial ao qual concorreram mais de 2500 queijos, sujeitos à apreciação de um painel de cerca de 200 provadores internacionais".   
O World Cheese Awards 2011 decorreu no dia 23 de Novembro em Inglaterra e o presidente da cooperativa confessa que "é difícil saber o que levou o júri a atribuir a medalha de ouro".  
Seja como for, nos últimos dois anos, a Cooperativa de Produtores de Queijos da Beira Baixa tem apostado na participação em concursos nacionais de queijos, "arrecadando sempre prémios e distinções em todos aqueles em que participa", destaca João Antunes.   
A instituição reúne 20 associados do concelho de Idanha-a-Nova e de uma freguesia de Castelo Branco - Alcains -, que produzem 100 toneladas de queijo amarelo por ano.  
Além deste, o queijo de ovelha DOP de Castelo Branco é outro produto emblemático da cooperativa.  

Fonte:Correio da manha