CRIATIVIDADE (IN)CONSCIENTE

Publicado originalmente no ETASTE
Surge de forma consciente ou inconsciente. A parte consciente, a que controlamos, é gerida pelo lado mais racional, normalmente fechada sobre si. É o resultado do natural processo cognitivo. Esta pode ser afetada por fatores externos e até próprio estado de espírito. A parte inconsciente, a que não dominamos e nem sequer conhecemos verdadeiramente, é a responsável pelo nosso lado mais infantil e primitivo de toda a associação de ideias. Juntas são nada mais nada menos que sistemas organizados, quase automáticos na forma e no lugar. Servem-nos para agilizar o processo que se quer tão lento quanto possível.
Lentidão é a palavra-chave. A rapidez perturba quase sempre a tomada de decisões. Por isso não é bem-vinda, apenas na execução. A lentidão é por isso benéfica, pois resulta frequentemente, em vários processos difusos que se acumulam na desordem. A confusão ou mudança de perspetiva é obrigatória. A partir destas haverá, naturalmente, um início, e com is…

A alheira no celeiro



Os gansos:
Pasta foie 50 gr

Os ovos:
Agua
Ovos de codorniz 3 unid
Sal fino

Preparação:
Cozer os ovos cerca de 4 min em água e sal.

A alheira:
Alheira de Mirandela 200 gr
Cebola 20 gr
Alho 5 gr
Azeite Guia 0,1dl

Preparação:
 Retirar a pele á alheira, fazer um puxado com a cebola,alho e o azeite Guia juntar a alheira mexendo sempre cerca de 10 min.
Formar umas bolas com o aparelho e no interior colocar em cada uma delas a pasta de foie.

A palha: 

Alho francês 70 gr

Preparação:
Cortar o alho francês em pedaços de cerca 3 cm no sentido horizontal, cortar em juliana muito fina colocar no forno durante 2 horas a 60ºC.

A lenha:

Talo de aneto
Açucar 200 gr
Água 90 gr

Preparação:
Bringir os talos em água a ferver.
Com a mesma água fazer uma calda de açucar forte.
Colocar no forno a 100ºC até ficar crocante.

As folhas/ervas:

Calendula 1 unid.
Tomilho limão

O pó/terra:

Cascas de batata 100 gr

Preparação:
Colocar num tabuleiro apenas a casca da batata bem lavada e seca, levar ao forno juntamente com a palha de alho francês, quando estiver bem seca, reduzir a pó.

Photobucket
Clique para ampliar



Photobucket
Clique para ampliar



Azeite guia facebook
Fantástico Azeite virgem extra apesar de não ser muito conhecido recomendo vivamente, por ser extraído por métodos tradicionais a frio, solta um aroma tal e qual o azeite "da terra" aquele azeite puríssimo sem quaisquer corantes ou conservantes. Neste prato enquadrou-se plenamente pois a ideia era mesmo o "celeiro" e por ser um azeite puro reforça a ideia e o sabor.