CRIATIVIDADE (IN)CONSCIENTE

Publicado originalmente no ETASTE
Surge de forma consciente ou inconsciente. A parte consciente, a que controlamos, é gerida pelo lado mais racional, normalmente fechada sobre si. É o resultado do natural processo cognitivo. Esta pode ser afetada por fatores externos e até próprio estado de espírito. A parte inconsciente, a que não dominamos e nem sequer conhecemos verdadeiramente, é a responsável pelo nosso lado mais infantil e primitivo de toda a associação de ideias. Juntas são nada mais nada menos que sistemas organizados, quase automáticos na forma e no lugar. Servem-nos para agilizar o processo que se quer tão lento quanto possível.
Lentidão é a palavra-chave. A rapidez perturba quase sempre a tomada de decisões. Por isso não é bem-vinda, apenas na execução. A lentidão é por isso benéfica, pois resulta frequentemente, em vários processos difusos que se acumulam na desordem. A confusão ou mudança de perspetiva é obrigatória. A partir destas haverá, naturalmente, um início, e com is…

Polvo em sous vide

Ingredientes: 
1 polvo médio 
300ml de azeite extra virgem 
300g de pupunha, de preferência cortado como linguine alho 
100g de isomalte 
50g de glucose em pó 
50g de água basílico orégano fresco salsa alcaparras hortelã 
1 limão
3 filés de anchovas
sal e pimenta a gosto

Preparação:
 
O Polvo
 
Lave o polvo com bastante sal e uma escova tipo de roupa, para tirar todo o limo. Seque e embale a vácuo, então cozinhe por 8 horas a 68 graus C no termocirculador. Retire da embalagem e retire as ventosas, RESERVE.
Salsa Verde
Junte um bocado de basílico, orégano, hortelã, salsa, anchovas, alcaparras e o suco de limão em um processador, bata com azeite até atingir uma consistência cremosa, cuidado para não bater muito e ficar quente, pois o molho começará a perder a cor, neste caso coloque uma pedrinha de gelo, RESERVE

Gota de Azeite
Junte o Isomalte a glucose e a água em uma panela, leve ao fogo até o ponto de bala dura, com um aro de aço, colete um pouco da caramelo no fundo do aro e por cima pingue o azeite, com cuidado “colete” a gota em baixo.
Finalizando:
Leve o polvo a uma grelha bem quente para dar uma dourada, neste meio tempo aqueça uma frigideira com um pouco de azeite e passe a pupunha com um pouco de alho.
Agora basta montar o prato, salsa verde ao fundo, a pupunha, o polvo e a gota de isomalte.
 
 

 
 
 
Receita e preparação:
 
Chef Kaka silva www.gastronomylab.com

Foto:
Zuleika Souza