PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO..

Digamos que, em pleno séc. XXI, o tema «Motivação» continua a ser tabu. Para espanto ou desagrado do leitor este continua a ser um debate que estremece os grandes velhos do Restelo, de sorriso amarelo. 
“Gosto de falar no plural, eu e a minha equipa“ ou "não me posso esquecer da minha equipa, eles são o mais importante para mim" estescontinuam a ser dos jargões mais utilizados para agrado das revistas cor-de-rosa e consequente vénia dos transeuntes menos informados, cá do burgo. A ironia está lá sempre, disfarçada por entre algumas patacoadas nervosas. Por cá, do outro lado da civilização menos representada, embora mais representativa, existe um certo desprezo para com essas lindas frases (lindas mesmo!) , porque na prática, sabemos que se resume (na maior parte das vezes) a um mero SLOGAN político. Nos casos mais sensíveis uma lágrima pode cair do canto do olho, mas depois passa. 
Mas afinal o que é isso de motivação ? Pagar uma bifana e uma palmadinha nas costas? Não. Um sor…

Barquinhas de chocolate

Ingredientes:
20 barquinhas
100 g de chocolate de leite
100 g de chocolate meio amargo
120 ml de Nata  fresca
1 colher de chá de açúcar baunilhado
frutas cristalizadas para enfeitar
Preparação:
Corte o chocolate em pequeninos pedaços.

Reserve.Em uma vasilha, leve o creme de leite ao fogo baixo, desligue antes de levantar fervura.Junte o chocolate ao creme de leite. Deixe descansar por 02 minutos, logo após mexa vigorosamente até derreter chocolate.

Acrescente o açúcar, continue mexendo até que conseguir um creme homogêneo.

Caso o chocolate não derreta totalmente, leve a vasilha ao fogo, por alguns minutos, em banho-maria, até que o chocolate esteja dissolvido.

Coloque o creme de chocolate  nas barquinhas e leve ao congelador.Enfeite com frutas cristalizadas.
Sirva em seguida. Consuma, preferencialmente, no mesmo dia, pois as barquinhas perdem o crocante.



Foto e receita de:  
Adriana Alves