CONGRESSO DOS COZINHEIROS - 2018

Aconteceu no lx factory, em Lisboa, nos dias 1 e 2 de outubro.



Trata-se do Congresso Nacional de Cozinheiros, o qual reúne alguns dos melhores profissionais do sector a nível nacional e internacional.


A sua missão, encetada em 2005, mantém-se intacta: reunir o sector.


Não vou discorrer sobre cada uma das apresentações, realçarei apenas alguns pontos positivos e um menos positivo.  Não estive, com muita pena minha, até ao final do segundo dia.  De uma forma geral, este ano, o congresso assentou em três ideias: produto, sazonalidade e desperdício.







The Top 50 best Restaurants

Pelo segundo ano consecutivo, o restaurante dinamarquês Noma foi eleito o melhor do Mundo.

O Noma, liderado pelo chef Rene Redzepi, foi eleito pela iniciativa 50 Melhores Restaurantes do Mundo e alia a escolha dos ingredientes à execução perfeita, proporcionando «uma forma emotiva, intensa e libertadora de comer, como nenhum outro restaurante consegue fazer».

Resta dizer que fica caro comer no Noma: um menu de sete pratos ao jantar custa 147 euros, ao qual acresce o menu de sete vinhos, mais 120 euros, num total de 267 euros.

Também há um menu de 12 pratos, escolha do chef, que fica por 187 euros.

Nesta lista de 50 não há nenhum português, mas o Vila Joya, em Albufeira, ocupa o 79.º lugar entre os cem listados.


Fonte: