COMIDA ESCRITA

Coração Ó tu que tens o coração nas mãos! Ouve os sinos enferrujados! Anunciam de lá as missas das atrocidades e dos sermões mal contados.  Tiranias cantadas e uns vinhos cuspidos atrás do altar das promessas. De palmadinha em palmadinha, vão entrando para ouvir - de coração - os missionários poderosíssimos, pioneiros na frívola sensação pacata de nada fazer. Basta sonhar,diz o padre do altar! Basta acreditar, diz o leigo defronte à Santa injustiça!  Não rezo e não entro. Faço e procuro. Abro o dicionário e vejo que "altar" rima com "pastar". Faz-se luz no meu cérebro! Deito-me e adormeço.  É isto um snack. Para comer de boca fechada.



A Cebolinha
Genialidade quente e amorosa na simplicidade nua e fria. Quanta magia no tempo do sóbrio acto! Quanta sobriedade na irrealista verdade absoluta de querer tudo e nada possuir! Quanta realidade na vida para lá do que está morto e enterrado! Quanta verdade renasce agora sobre o que se enterrou! Não há magia, sobriedade, realidade nem verd…

Azeite Romeu


A Soc. Clemente Menéres Lda. é uma sociedade agrícola familiar fundada em 1902.
Estabelecida desde 1874, cultiva uns milhares de hectares dispersos por oito concelhos do distrito de Bragança e detém no Porto, na marginal do rio Douro, zona Património Mundial, o extinto Convento de Monchique e edifícios anexos onde tem sede e armazéns.
Pratica exclusivamente Agricultura Biológica certificada (olival e vinha).
É feito em lagar privativo com moinho de granito por processos mecânicos e a frio.

Está no TOP 10 e 15 dos melhores azeites do mundo, tanto no Guia italiano de azeites “L’Extravergine” 2005 e 2007, como na revista gourmet alemã “Der Feinschmecker”.

De cor amarelo/dourado com aroma intenso a azeitona. No palato redondo, denso e fluido. Com um leve doce amendoado no início, seguido de azeitona fresca e legumes, e um final longo e complexo com uma nota picante mas não amarga. 

Um azeite subtil com uma personalidade delicada, não demasiado potente mas de um grande equilíbrio e harmonia.