Avançar para o conteúdo principal

Apertar o avental

Originalmente publicado no ETASTE Mais certos ou menos errados, mais apertados ou menos largos, são sempre nós, com muitos significados! Há centenas de anos que o avental marca uma revolução decisiva e duradoura como a teimosia higiénica de quem a impôs. Foi a inovação de ontem, é o habitual hoje, será a renovação do amanhã, simboliza o trabalho. O avental representa a estrutura complexa que esbarra na simplória vontade de bem parecer, cuja função, vai muito além da barreira às nódoas, do trabalho bruto e por vezes sujo. Um dos gestos mais simples e bonitos que ainda perdura na minha memória, aconteceu no primeiro dia da minha vida profissional e advém precisamente da observação do meu primeiro chefe, que à entrada da cozinha apertava o avental branco e impecavelmente limpo, contra o peito, de mãos lestas a abraçar o quadril. Aos meus olhos aquela rapidez gestual conquistada pela repetição exata ao longo dos 30 anos de carreira, parecia-me um movimento tão inato como a vida, tão repe…

Vinho com 6.000 anos

Produção de vinho há 6.000 anos.
Primeiras fotografias do engenho..

"Uma unidade de produção de vinho com 6100 anos, a mais antiga de que há memória, foi descoberta numa gruta na Arménia, anunciou hoje, terça-feira, uma equipa internacional de arqueólogos, citada pela AFP.

Antes desta descoberta, os vestígios de equipamento de produção vinicula datavam de há 5000 anos.
"Pela primeira vez, temos uma imagem arqueológica completa de uma produção de vinho com 6100 anos de idade", congratulou-se Gregory Areshian, responsável pelas escavações e director adjunto do Instituto de Arqueologia  Cotsen na Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

Entre os artigos encontrados figuram grainhas de uva, restos de uvas prensadas, ramos de videiras atrofiadas, uma prensa rudimentar, uma cuba de argila aparentemente utilizada para a fermentação, cacos impregnados de vinho, além de uma taça e de uma tigela para beber.
A descoberta foi feita na mesma rede de grutas onde foi encontrado, em Junho de 2010, "mocassin" de couro perfeitamente conservado e datando de há 5500 anos, o mais antigo sapato conhecido no mundo.
As grutas encontram-se num desfiladeiro situado na província arménia de Vayotz Dzor, uma região fronteiriça com o Irão e a Turquia."

Imagens da área de produção de vinho, datadas de há seis mil anos

Notícia: JN
Fotografia: REUTERS/Gregory Areshian/UCLA/National Geographic/Handout