COZINHEIROS UNIDOS EM ALFÂNDEGA DA FÉ

Evento: Primeiro encontro micológico de profissionais de hotelaria e restauração portugueses. Organização: Chefe Marco Gomes Quando: 3 de Dezembro de 2018 Local: Alfândega da Fé.
São nove da manhã. O sol nasceu há pouco e continua tímido. As portas do mercado municipal abrem-se para aquele que viria a ser um dia de partilha e aprendizagem.  Aos poucos começam a chegar alguns dos quarenta e cinco convidados.


Em cima da mesa está o mata-bicho: duas boxes de vinho branco e tinto, cogumelos silvestres em conserva, espargos e pães quentes, daqueles que se partem e repartem com a mão. O chefe Marco Gomes assinala o início dos trabalhos com uma explicação sobre o que iria acontecer. À entrada do mercado estacionam autocarros gentilmente cedidos pela Câmara Municipal. De cestas em punho e de bucho aviado seguimos para a serra, conhecida como Serra de Bornes, a poucos quilómetros do centro de Alfândega Da Fé. A temperatura está amena e a humidade acima dos 80%.

Já na boca da montanha os t…

Quer começar e não sabe como?

Devido ás frequentes duvidas por parte dos leitores de tuga gourmet decidi publicar este artigo na tentativa de esclarecer as mesmas.
Se anda á procura de uma chance de se lançar no ramo de hotelaria deixo-lhe algumas sugestões apenas a nivel nacional.                      


  PÓS-LABORAL

Escola Superior de Turismo do Estoril: Produção Alimentar em Restauração (pós-laboral)
Obrigatório o 12º ano e fazer exames nacionais para entrar.


A que se segue é na Pontinha,  Lisboa. Também têm sede em Coimbra e Loulé. Muitos cursos, alguns pós-laborais outros diários.  

ON-THE-JOB/DIÁRIO
Escola de hotelaria de lamego,(escola que frequentei)  cursos on-the-job, cursos de nível III e nível IV obrigatorio o 9º ano e 12º ano de escolaridade.


INTENSIVO
Acpp ou academia fausto airoldi: Cursos e workshops e curso intensivo com 3 meses de estágio

Cooking lab: Cursos e workshops essencialmente de Cozinha Molecular.



Aconselho vivamente qualquer uma escola de hotelaria do turismo de portugal por muitas razões entre as quais:
Oportunidades de construir uma carreira
Uma formação de excelência
Muita saída para o mundo profissional

(Em plena recessão financeira isto quererá dizer algo)