EUSKALDUNA ENGANA

O Euskalduna é um restaurante discreto que funciona à porta fechada. Actualmente atravessa um bom momento (espero que seja  por muitos anos ) , fui perceber o porquê e fui enganado.

Passa uma imagem ao exterior como bom restaurante e afinal...  é um excelente restaurante.
Quem comanda o dia a dia nos fogões é o Vasco Coelho Santos, chefe e proprietário, entrevistado por mim há 3 anos atrás VER.
O menu não é fixo.
Um dos factores que mais me entusiasmou foi o facto de poder estar a assistir a todo o serviço.
Uma experiência no verdadeiro sentido.
Não venho aqui fazer qualquer tipo de julgamento público,muito menos apreciações técnicas aprofundadas-essa parte deixo para os ditos foodies, "especialistas " de todos os assuntos possíveis e imaginários.




Lapso meu: Não fotografei o folar transmontano, nem os petits-fours. O folar era um caracol folhado, cheio de sabor,  em dose reduzida mas suficiente. Nos petits-fours o que me chamou mais à atenção foi a goma de alho, um dente de…

Mexilhão crocante, creme de presunto e seu puré de tamarindo

Mexilhões:
Temperar apenas com sal, passar por farinha e fritar em óleo vegetal, até estes ficarem crocantes.
Para o creme de presunto:
 fazer uma infusão com natas 35% e com o presunto muito em picado, cerca de 100 gr de natas para 90 gr de presunto, deixar em infusão durante cerca de 30 min tapado de preferência,passar depois o aparelho ate ficar so com o creme sem o presunto.
Colocar presunto bem fino a desidratar durante 24 horas e reduzi-lo a pó, e com este pó juntar ao creme.
Para o puré de tamarindo:
Tirar apenas a parte cremosa do tamarindo (100 gr), separando os caroços e a casca, colocar ao lume com manteiga (10 gr) e com leite (20 gr) e sumo de limão (5 gr)
Deixar ficar em cremoso e deslaçado e passar pelo peneiro para não ficar com quaisquer impureza indesejada.

P:S:Devo-vos dizer que ficou muito agradavél este jogo de contrastres