El Poblet

Trata-se de um restaurante espanhol ja com reconhecimento internacional gerido pelo chefe Quique Dacosta.
Vou falar aqui sobre uma entrevista realizada a proposito na rtp2.
Diz que com a experiencia adquirida que o estado de espirito de quem cozinha influencia nos pratos,ou seja se uma pessoa estiver triste o prato nao vai sair com o mesmo resultado do que se o cozinheiro estivesse alegre, afirma no entanto que cozinha é uma arte embora arte seja apenas o 1º prato confeccionado os outros apenas serão copias fiéis.
Perguntam-lhe se se pode seduzir uma mulher com a cozinha.
Ele responde sorrindo " sim ,claro os feios como eu sim". Quique dacosta desenvolveu sua cozinha a partir de suas vivencia,experiencias de vida, inquietudes.
Tenha lhe valer muito reconheecimento seus pratos como por exemplo as duas estrelas michelin que tem em seu poder a caminho da 3a.
1 ESTRELA MICHELIN- é recomendado,bom.
2 ESTRELAS MICHELIN- vale a pena desviar-se da sua rota habitual.
3 ESTRELAS MICHELIN- vale a pena fazer uma viagem de proposito.
As pessoas teem a ideia que quanto mais estrelas michelin mais caro é os pratos mas nao Quique Dacosta afirma sorrindo "Quanto mais estrelas menos clientes, preços nao sobem" embora seja esse o mito que tem que ser dismitificado.
Perguntam-lhe também se via as estrelas como uma maldiçao, uma vez que grandes chefes sentiam-se pressionados para as manter, até que iam á falência e outros que perdiam estrelas matavam-se, ele afirma dizendo " Não vejo como maldiçao, apenas tenho que assumir mais responsabilidades, tenho que trabalhar para estar ao nível de grandes chefes como foi Maximin, Michel Gerard".

Comentários

  1. Olá Tiago.
    Obrigado pelo comentário. E desde já aproveito para o retribuir.
    A ShareMag é uma revista electrónica que comecei a trabalhar no mês passado. Sou eu que a faço sozinho, mas com o apoio das pessoas envolvidas, claro.
    Estás ligado à cozinha tu? Era capaz de ser engraçado, se pudesses participar no próximo número.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Só posso voltar aqui depois de ter acabado a minha dieta...

    Estou salivando...

    Gosto imenso da cozinha francesa, claro, sendo vizinha da França, e no dia dos meus anos, tenho sempre que comer uma comidinha francesa mas nem sempre é fácil encontrar na zona onde moro ...

    Estas "requisitado" para me oferecer um belo prato de comida francesa em Setembro, está bem ?

    Beijinhos

    Verdinha

    ResponderEliminar
  3. Olá Thiago,

    Já descobri uma qualidade tua : a generosidade completada pela gentileza !

    Gosto muito de vieiras mas não se encontram frescas com massa folhada e molha à escolha.
    Também gosto de "ris de veau" mas além de não encontrar aqui em Portugal, acho que não seria capaz de o cozinhar. Na minha boca, é uma delícia mas vê-lo e limpá-lo, é outra coisa..
    Gosto também muito do magret de pato feito com frutos como groselha, framboesa, bem tostado com um molho adocicado...
    Beijinhos

    Verdinha

    P.S. Deixo-te, se quiseres juntá-lo no teu blog, a tradução francesa da tua introdução : EU/ME/YO/MOI

    Je suis finaliste du cours de cuisine de l'école d'hôtellerie et de tourisme de Lamego. Ce blog est toujours actualisé avec les nouveautés du monde culinaire et présente des recettes que vous pouvez faire.

    ResponderEliminar
  4. A propósito, não sou francesa mas belga de nascimento e portuguesa de coração (e de nacionalidade adquirida) por viver neste lindo país há 35 anos, por ter um marido e 2 filhos portugueses !
    Já coloquei o teu link no meu outro blog Cofre dos Tesouros da Verdinha...

    ResponderEliminar
  5. Adoro lêr as tuas introduções.
    Excelente conhecimento x

    ResponderEliminar
  6. Passei para conhecer o seu blog, está de parabéns, realmente é divino!!!!!!
    Sucesso!!!!!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

A sua opinião é importante

Mensagens populares deste blogue

O que significa gourmet?

Tipos de Sal

A reunião dos cozinheiros