CONGRESSO DOS COZINHEIROS - 2018

Aconteceu no lx factory, em Lisboa, nos dias 1 e 2 de outubro.



Trata-se do Congresso Nacional de Cozinheiros, o qual reúne alguns dos melhores profissionais do sector a nível nacional e internacional.


A sua missão, encetada em 2005, mantém-se intacta: reunir o sector.


Não vou discorrer sobre cada uma das apresentações, realçarei apenas alguns pontos positivos e um menos positivo.  Não estive, com muita pena minha, até ao final do segundo dia.  De uma forma geral, este ano, o congresso assentou em três ideias: produto, sazonalidade e desperdício.







El Poblet

Trata-se de um restaurante espanhol ja com reconhecimento internacional gerido pelo chefe Quique Dacosta.
Vou falar aqui sobre uma entrevista realizada a proposito na rtp2.
Diz que com a experiencia adquirida que o estado de espirito de quem cozinha influencia nos pratos,ou seja se uma pessoa estiver triste o prato nao vai sair com o mesmo resultado do que se o cozinheiro estivesse alegre, afirma no entanto que cozinha é uma arte embora arte seja apenas o 1º prato confeccionado os outros apenas serão copias fiéis.
Perguntam-lhe se se pode seduzir uma mulher com a cozinha.
Ele responde sorrindo " sim ,claro os feios como eu sim". Quique dacosta desenvolveu sua cozinha a partir de suas vivencia,experiencias de vida, inquietudes.
Tenha lhe valer muito reconheecimento seus pratos como por exemplo as duas estrelas michelin que tem em seu poder a caminho da 3a.
1 ESTRELA MICHELIN- é recomendado,bom.
2 ESTRELAS MICHELIN- vale a pena desviar-se da sua rota habitual.
3 ESTRELAS MICHELIN- vale a pena fazer uma viagem de proposito.
As pessoas teem a ideia que quanto mais estrelas michelin mais caro é os pratos mas nao Quique Dacosta afirma sorrindo "Quanto mais estrelas menos clientes, preços nao sobem" embora seja esse o mito que tem que ser dismitificado.
Perguntam-lhe também se via as estrelas como uma maldiçao, uma vez que grandes chefes sentiam-se pressionados para as manter, até que iam á falência e outros que perdiam estrelas matavam-se, ele afirma dizendo " Não vejo como maldiçao, apenas tenho que assumir mais responsabilidades, tenho que trabalhar para estar ao nível de grandes chefes como foi Maximin, Michel Gerard".